escuridão

Áptero – Quando a liberdade as asas abriu

Sem possuir a liberdade de seu sonho mais ousado, ele sobrevoava o céu através da mente cheia de esperança

Sem asas, o que lhe restava era contemplar a imensidão celeste, onde a ave mais majestosa carregava o alvorecer, tornando belo o horizonte e cheio de cor de um dia perfeito. Até o céu se revoltar e o vento vir com violência sobre ele.

Abisso – Quando o pavor agita as águas

De sobre as águas vem a ordem pra lançar seu sustento no fundo do oceano, mas como se desfazer de tudo que lhe resta?

Não sendo suficiente vagar pra dentro das trevas, o barco é surpreendido por uma tempestade que revoltou as águas. Em meio ao desespero uma ordem estranha lhe abre os olhos, cegos pela escuridão, mas sua descrença quase bota tudo a perder.

Retravo – Quando o escuro deu à luz

Absorvendo luz e som, o breu lançou sua sombra fria, fazendo tudo desaparecer sob um manto de escuridão abismal

Ele não sabia se ainda habitava um corpo ou havia se transformado numa consciência vagante indo em direção a escuridão. Tudo estava impregnado de trevas. O pior: ele não sabia quem era ou há quanto tempo estava nas entranhas da obscuridade.

Nem sempre... é o que se pode esperar

Escolhas costumam ser apresentadas num contraste entre duas opções, como se não houvesse nada além dos extremos

Ao decidir por algo corremos o risco disso se mostrar oposto ao esperado porque a vida não é feita de certezas; os alicerces estabelecidos tanto podem funcionar como ruir de uma hora pra outra sem aviso algum, assim ser maleável é saber viver.

O dia mais escuro da história da humanidade

A previsão de um dia inteiro de trevas deixou a geral de cabelo em pé, não por menos já que tudo ficará pavoroso

Pronto pra ceifar vidas, esse dia se aproxima dispersando trevas e pavor pelo mundo. Estejam esperando ou não, implacável ele virá fazendo vítimas e causando carnificina onde passar; e a única forma escapar dessa mortandade é estando alerta.

Do alto veio o mergulho mortal

Na escuridão da vida é possível ver novas, supernovas e hipernovas em mistérios e luz convidando a um mergulho

A obscuridade que ronda, levando a tristeza e a solidão – até fazendo desejar a morte – pode ser o desejo de ir além da aparência, quebrar padrões e formas, e conhecer a profundidade que dá sentido a vida.

Calefrio – Conto de terror moderno

Uma mãe compartilha uma das histórias mais assustadoras de sua infância, mas a reação do filho é inesperada

Ela conta sobre a existência de um lugar maldito, evitado por todos em sã consciência, até mesmo o mais cabra-macho. Porque além de ser habitado pelo total esquecimento, a noite o lugar era tomado por uma escuridão aterradora.

Sombra e luz num conflito sem fim

Qual a diferença entre a luz e as sombras, onde é que se encontra o limiar delas? Estaria a resposta pra vida entre esses extremos?

Qual a diferença entre a luz e as sombras, onde é que se encontra o limiar entre ambas as coisas? Estaria a resposta pra vida, o universo e tudo mais entre os dois extremos?

Te convido agora pra fazer um mergulho profundo – do céu ao mar, passando pela terra e o mais além – pra gente explorar um pouco das inúmeras possibilidades e vaguear pelos mistérios que permeiam toda essa dimensão.

No deserto vi a maldade em mim

Por que é que a gente sofre tantas coias ruins? Qual a causa de tanto mal pra humanidade e por que D-s não faz nada?

Por que é que a gente sofre tantas coias ruins? Qual a causa de tanto mal pra humanidade e por que D-s não faz nada, enquanto tudo parece caminhar a passos largos pra destruição, sem direito algum a retorno ou qualquer chance de final feliz?

A gente costuma procurar no outro – ou mesmo em D-s – o motivo das coisas não estarem bem, mas quanto será – das decisões que tomamos ou daquilo que a gente resolve não agir – está sendo responsável pelo que a gente tem passado?

Página anterior Próxima página