Deprecated: Hook custom_css_loaded is deprecated since version jetpack-13.5! Use WordPress Custom CSS instead. O Jetpack não é mais compatível com CSS personalizado. Leia a documentação do WordPress.org para saber como aplicar estilos personalizados ao seu site: https://wordpress.org/documentation/article/styles-overview/#applying-custom-css in /home/u716753141/domains/inversivel.com/public_html/wp-includes/functions.php on line 6078

Deprecated: A função is_staging_site está obsoleta desde a versão 3.3.0! Em vez disso, use in_safe_mode. in /home/u716753141/domains/inversivel.com/public_html/wp-includes/functions.php on line 6078
Coolture 10 dicas pra um shape perfeito - .inversivel
Deprecated: A função is_staging_site está obsoleta desde a versão 3.3.0! Em vez disso, use in_safe_mode. in /home/u716753141/domains/inversivel.com/public_html/wp-includes/functions.php on line 6078
Coolture: 10 dicas pra um shape perfeito
Norbert Buduczki/ Unsplash

10 dicas pra um shape perfeito

Quem não deseja ter um corpo definido, com mais saúde e disposição? Apesar do desejo, conseguir o shape dos sonhos tem um custo e a real é que nem todo mundo está a fim ou possui disposição suficiente pra isso. Pra quem prefere correr atrás e malhar, ao invés ficar pagando madeirinha ou apenas no sonho, aqui vão 10 dicas bastante úteis pra ganhar mais massa e conquistar o shape perfeito.

1) Aumentar o peso progressivamente

Como nosso corpo funciona por estímulos, um esforço crescente nos treinos lhe ajuda a ir se acostumando ao processo. Pra isso, uma boa tática é aumentar a carga dos pesos durante as repetições dos exercícios, até não conseguir continuar, indo até à falha.

Isso fará os músculos se desenvolverem com mais eficiência, pois continuarão sendo estimulados. Treinar com peso ajuda na definição dos músculos, principalmente na resistência física, mas pra isso é necessário um aumento gradativo ou no número de repetições.

2) Repetir de 8 a 12 vezes

Repetições de 3 a 6 vezes aumentam a força, de 8 a 10 fazem os músculos se desenvolver e de 15 a 20 estimulam o crescimento muscular. Mas como não é recomendado forçar muito os músculos – ainda mais com uma carga maior – então de 8 a 12 repetições é o suficiente.

3) Fazer de seis a nove exercícios

Pra estimular o crescimento dos músculos faça de 6 a 9 exercícios pra cada grupo muscular, como pernas, braços, ombros, costas, etc. Lembrando que o tempo total do treino não deve ultrapassar 45 minutos, se não podem ser liberados hormônios catabólicos que destroem o tecido muscular.

Fazendo 9 exercício, com as devidas repetições diariamente, e respeitando cada grupo muscular, você conseguirá fazer o treino durar o tempo necessário.

Brooke Lark/ Unsplash

4) Aumentar a ingestão de proteína

A ingestão de proteínas é essencial na recuperação e no reparo do tecido muscular, mas sem exagero. Pra saber a quantidade ideal a ser ingerida, deve-se utilizar 1 grama de proteína por cada 500 gramas de peso corporal.

Sendo assim, alguém com 80 quilos, por exemplo, deverá ingerir 160 gramas de proteína diárias. A fonte preferencial deverá ser carnes brancas, peixe, aveia, arroz, batata, ovos, queijo, marisco, tofu, frutos secos, nozes, amêndoas, sementes e, em último caso, suplementos proteicos.

5) Ingerir gorduras saudáveis

A ingestão de gorduras aumenta o sistema anabólico hormonal no corpo, como a testosterona – responsável pelo crescimento e nível de insulina. Há pessoas que optam por esteroides anabólicos, mas é possível conseguir uma dieta de crescimento baseada em alimentos que contenham gorduras saudáveis.

Alguns desses alimentos, são azeite extra-virgem, óleo de noz, leite de coco, iogurte natural, abacate, queijo de cabra, queijo ricota, manteiga de amendoim. Bem como, amêndoas e nozes, chocolate preto e peixes gordos como sardinha, salmão e truta.

6) Manter-se hidratado

O corpo necessita de um nível de hidratação elevado, da mesma forma os músculos, compostos por uma grande percentagem do líquido necessitam de ingestão frequente de água e outros líquidos.

O chá de pau de Cabinda com Ginseng, ajuda a hidratar e a repor a energia. Mas pra manter os níveis equilibrados, o ideal é beber de 8 a 12 copos (200 ml) de água por dia.

7) Comer bastante e bem

Os músculos necessitam da alimentação pra reparar as microlesões e ganhar volume. Mas isso não deve ocorrer através de uma dieta rica em gorduras saturadas ou pouco saudável.

Aumentar a quantidade ingerida, não significa diminuir a qualidade, pra isso consuma proteínas, como carnes brancas e peixes gordos, legumes e cereais, como massas, pão de cereais, lentilhas, feijão. Todo tipo de leguminosas e frutas, como abacate, manga, uvas, banana, alperces e frutos vermelhos.

Anastase Maragos/ Unsplash

8) Diminuir o treino cardio

O excesso de treino cardiovascular aumenta a libertação de hormônios catabólicas, levando à destruição do tecido muscular. Por isso, se o desejo é o aumento de massa muscular, deve-se diminuir o cardio e aumentar a musculação.

Já se a intenção for a queima de gordura, o ideal é fazer o cardio imediatamente após a musculação, com um treino intensivo de, no máximo, 20 minutos.

9) Dormir

O descanso é fundamental pro aumento da massa muscular, pois é durante esse intervalo que o músculo cresce – não durante a malhação. Quando se está em sono profundo é liberado o hormônio do crescimento.

Enquanto dormimos, há um aumento da corrente sanguínea e essa atividade eleva o transporte de nutrientes pro músculo poder se reparar. Assim, descansar, e acima de tudo dormir bem, é fundamental.

10) Relaxar

Quando se está estressado – entre outros efeitos – ocorre a liberação do cortisol, que resulta num desgaste muscular negativo. Além do que, estar relaxado aumenta a disposição e nos faz ter boas atitudes, fundamentais pra alcançar nossos objetivos.

Pra expandir a mente

Mente explodindo

Se essa lista despertou sua vontade de entender mais sobre o assunto e ver mais dicas, adquira os livros que separei, assim, além de você ficar monstrão 💪🏻 em força e conhecimento ainda ajuda o blog!👌🏻

Manual de musculação: Uma abordagem teórico-prática do treinamento de força – Esse livro busca apresentar e ampliar, tanto ao praticante iniciante como fisiculturista, temas comuns da musculação. Esclarecendo como um treinamento estruturado, com base em nutrição adequada, análise cardiovascular e programas de treino, traz benefícios pra sua forma física.

Musculação. Anabolismo Total – Nesse, o autor abrange os principais aspectos da complexidade do treinamento com pesos pra quem deseja obter resultados sólidos, discutindo sobre o crescimento muscular. Além de revisar importantes aspectos dos fundamentos fisiológicos determinantes no aumento da força e massa muscular.

Musculação: Como alcançar seus objetivos rapidamente – Com o intuito de desvendar alguns dos maiores segredos do treinamento físico e do aumento de massa muscular, definição corporal e emagrecimento; os temas são abordados de forma simples, agradável e com exemplos práticos.

Ósculos e amplexos,

Receba histórias fresquinhas
Inscreva-se pra receber novas postagens assim que saírem do forno