Não está onde os olhos podem alcançar
É a base da crença e também das ações,
O desejo e a vontade incutido em nós.

É a sensação de paz que não se explica,
Mas chega suave, acalmando, silenciando
Enquanto se torna certeza e convicção,

Desfazendo as trevas tragas pela dúvida,
Acalma toda tempestade dentro do ser,
Fazendo sofrimento de tornar em riso.

Realidade do que ainda é apenas sonho
É aquilo que propulsa rumo a aprovação
E o que respalda e justifica cada intensão.

É chegar onde a morte não pode alcançar
É ouvir e seguir mesmo sem compreender
Deixando conforto e segurança pra trás.

É ter o conhecimento de que não se dá
Pra escapar do sofrimento, nem da dor
Ainda assim ter bom ânimo e esperança,

É entender que o que machuca e fere
Sendo leve, tem curto prazo de duração,
E traz peso que recorda sermos sombra.

Socorro e abrigo na aflição presentes,
O lugar, mais próximo, junto ao chão,
Capaz de elevar sobre todo o martírio.

Não é sobre andar de olhos fechados
Ou sair perseguindo qualquer objetivo
É o aprendizado no caminho tortuoso,

É mais sobre falhas que aperfeiçoam,
Também das escolhas e consequências
E das cicatrizes que trazem mudanças.

É subjugar as guerras que ninguém viu
É abrir mão, descartar chances, posses,
Um mundo de possibilidades e sugestões,

Somente pra manter segura uma coisa.
É entregar o que custa sem temer a perca
É se humilhar sem recear em se dimunuir.

É insistir na redenção, mas não merecendo
É palpar o imaterial, alcançar o impossível
Sentir perfume na fragrância que expanta.

É enxergar além da visão, focar nas alturas,
Naquilo que ainda não pode ser vizualizado
Olhar o invisível e vislumbrar possibilidades.

É dar o passo antes mesmo de sentir o chão
É caminhar ainda que o mar esteja a frente
É passear pelo fogo sem temer queimaduras.

É saber que sono, além de aprazível descanso
Também traz realização, cuidado e proteção,
Pois toda cautela e labor em vão podem ser.

É certeza que até as coisas ruins aperfeiçoam
E que lógica, sentidos e quailquer argumento
Se tornam desnecessários, além de defasados.

É a eternidade soando intensa dentro de nós
É a certeza de estar seguindo na direção certa,
Mesmo quando tudo parece dizer o contrário

É saber que a melhor opção é na contramão ir
E continuar seguindo mesmo contra a razão.
A loucura das atitudes é que dá poder de vida.

É insanidade que faz alcançar o impossível
É certeza que guia em meio a tantas dúvidas
É andar sem se buscar trajeto, rota ou direção.


#freetalk

Antes de tudo, fé é certeza [Hebreus 11.1] e nos possibilita a entender, ainda mesmo que a gente não consiga compreender totalmente alguns mistérios [Hebreus 11.3]. Ainda que ela seja a base de tudo o que acreditamos, não consiste apenas em crença, mas implica em ações [Tiago 2.14,26].

A fé nos leva a comenter atos que até podem ser considerados insanos ou desproporcionais, mas é apenas atráves dela que podemos agradar a D-s, pois ela nos faz crer que Ele existe e cuida de nós [Hebreus 11.6].

Ósculos e amplexos,

mishael mendes sign, assinatura

Mishael Mendes

Um cara apaixonado por música, se deixar ele não faz nada sem uma boa trilha sonora. Amante de fotografia, livros, animais e comida boa – principalmente a da mãezona. Criou o blog e o canal pra compartilhar sua visão inversível da vida.