Ignora a visão distorcida que o espelho te mostra,
Dá crédito a admiração que os ouvidos captam,
Ouve menos as vozes que te deturpam, cobram,
Dividem, te esquartejando em pedaços diversos,

Pulverizando até que se perca tua essência.
Deixa de procurar defeitos e imperfeições,
Que tua mão proporcione o prazer do toque,
Não a perverta pra apalpar o que te consome.

Confia menos nas palavras soltas pela mente,
Escolha seguir a intuição que revela tua força,
Deixa crescer, ser, tornar-se, vir a florescer
Semente que gera árvore de tamanho imenso.

Medidas e proporções são apenas números,
Que não conseguem calcular tua grandeza.
Também a balança não vai conseguir pesar
Toda graça e beleza, todas, contidas em você.

Esquece o que ganhou e o que ainda não tem,
Tu és perfeição, com tuas qualidades e defeitos.
O que te completa não são metas e objetivos,
Exigências que te forçam buscar um padrão.

Você é muito mais do que aquilo tanto almeja,
Também do que teus olhos conseguem enxergar.
O brilho que você dispersa só é visto a distância,
Por isso você não o vê, apenas quem te encontra.

Você é luz, raio de carinho, perto faz querer estar,
Por mais que as palavras descrevam não bastam.
Não é contorno ou sinuosidade que vai desenhar
O prazer de te ouvir sorrir e seu rosto ver iluminar.

Seu sorriso irradia mais que inúmeras lâmpadas,
Iluminando traz alegria, conforto, carinho e paz.
Te deixa levar pelos anseios e impulsos da alegria,
Pelo caminho que a felicidade sem causa conduz.

Curte mais a presença de quem te aceita como és,
Que respeita teus gostos e ignora auto-cobranças,
De quem sorri e comemora ter a tua companhia,
Curte os instantes com quem te faz ver tua beleza.

Tua beleza arranca suspiros de quem lhe vê passar,
Sem precisar de estética invejável, você atrai olhares.
O que chama a atenção em ti, é invisível aos olhos,
Mas impregna em quem acaba por te conhecer.


#freetalk

Às vezes a gente se cobra tanto, tentando se ajustar pra caber em padrões que nada tem a ver com a gente, com isso se vai tempo, dinheiro, esforço e essência, a gente acaba se perdendo e esquece quem é, assim sem poder enxergar nossa verdadeira beleza, paramos de dar mais importância ao que somos e, enquanto elogios parecem perder sentido, buscamos alcançar o inatingível, forçando a nós mesmos além do que devemos ir.

Esse poema foi composto pra alguém muito próximo, com dificuldades de enxergar o quanto é linda, que sempre se cobrou demais, só que quando ficou mais bela, ainda não consegue perceber isso. Também foi escrito pra mim mesmo, já que ainda estou superando meus problemas de auto-imagem e pra que você saiba o quanto é belo ou linda do exato jeito que é.

Somos essências invisíveis habitando uma matéria decadente que ainda há de se refazer perfeita, até lá devemos lembrar que somos mais que a soma de defeitos e falhas, e maior do que nosso corpo possa sustentar.

Ósculos e amplexos,

mishael mendes sign, assinatura

Mishael Mendes

Um cara apaixonado por música, se deixar ele não faz nada sem uma boa trilha sonora. Amante de fotografia, livros, animais e comida boa – principalmente a da mãezona. Criou o blog e o canal pra compartilhar sua visão inversível da vida.