Mês: <span>Atualizado em 16 de maio de 2022</span>

Quero viver tudo que sinto

Mudança pode ocorrer por diversos motivos, como estética, qualidade de vida, ideologia, superação, medo, desejo de agradar, etc

Mas a força mais poderosa é o inconformismo, pois leva a busca de práticas que encaminham pra uma nova vida, transformada e capaz de inspirar. Pra isso é preciso conhecimento porque é ele quem ajuda a nos apropriarmos dessa nova identidade.

Interrompido – O direito de viver (Episódio 20)

A decisão de doutor Pedro Gonzaga traz um bem nunca experimentado, mesmo assim algo terrível acaba por acontecer.

A história do médico traz detalhes vergonhosos, como o fato de ter negado e abandonado a própria filha. Inquieto, Luan encontra uma entrevista que exibe o terror do acidente que vitimou Cadu, além de expor de forma fria a dor de Lourdes.

Nome e aparência incoerentes

É inegável o poder de atração que o belo exerce sobre nós, ainda mais quando somos envolvidos por seus encantos

Vivemos numa sociedade que cultua a aparência, dando-lhe atenção, curtidas e até sentenças menos duras em julgamentos. Mas a aparência pode enganar e ser mortal; exterior não retrata a essência com exatidão, nem saúde física ou emocional.

Interrompido – Neblina que dissipa (Episódio 19)

Desconcertado com tamanha lucidez que o atingiu, Luan acabou nem percebendo o milagre que acabou lhe acontecendo.

Mesmo feliz ele precisa encarar algo triste, mas uma ligação inesperada traz um tom de profundidade maior a história de Lourdes, sobre como ela foi resgatada de uma dor irreparável e da salvação que alcançou o ateu convicto que era doutor Pedro Gonzaga.

Aquilo de que mais preciso

Sem energia corpo algum pode se mover e a menos que haja o que lhe conceda força não há como sair da estagnação.

Pra um corpo sair do repouso é preciso energia e caso ela não surja a vida se interrompe e ocorre a putrefação. O jeito mais básico de fornecer isso é através da alimentação, mas há coisas que precisam de força e que nem a musculação pode conceder.

Interrompido – Do jeito mais cruel (Episódio 18)

A visita recebida por Lourdes foi de alguém que jamais esperou e o encontro acaba por causar um profundo impacto.

Após o desaparecimento da pessoa, ela é puxada pra um abismo ávido por devorá-la. Quando Socorro encerra a história, ainda restam perguntas e em busca de respostas, Luan recorda coisas difíceis, descobrindo o real motivo que causou seu acidente.

Esse é mais um dia daqueles

No que mais um dia de trabalho trafegando por lugares desconhecidos, sob um tempo desagradável, poderia resultar?

Com a mente a percorrer a percepção que tudo já havia sido experimentado, o Google Maps ditava a rota que me levava em direção a bad, que mesmo sem compreender a profundidade ou importância daquele momento tentava meu corpo possuir.

Cigarra e Formiga – Como você nunca viu

Uma reinterpretação atual da fábula mais conhecida por baixinhos e grandões, contada de diferentes formas, mas nenhuma assim.

Prepare-se pra conhecer a história de um jeito mais humanizado e obscuro, com implicações que desfazem conceitos preestabelecidos. Melhor é não julgar pela aparência porque isso pode levar a uma fria maior até que o inverno lá fora.

Interrompido – Nada é absoluto (Episódio 17)

Ao despertar, Lourdes busca a calmaria da realidade, sem imaginar que o real pode ser mais aterrador que seu pesadelo.

Na sombra dos corredores escuros do hospital, algo nefasto sugere uma conspiração pra dar fim a vida de Cadu. Independentemente disso há algo do qual não dá pra fugir e muito o que confrontar com garra ou lágrimas, porque cruel a realidade é.

Velocidade que a poesia alcançou

Um átimo bastou pra ele acelerar e sem respeitar sinalização ou atentar pra limites, seguiu em velocidade assustadora

Pra trás ficou qualquer controle que pudesse existir, seguindo em desdobramentos incontáveis deslocou-se sem atentar pra tempo ou barreiras – físicas ou subjetivas. Nada pode lhe deter ou impedir de seguir sem pretensão de chegar a lugar algum.


Página anterior Próxima página