Mês: <span>junho 2020</span>

Ode à ti – Como a vejo e como tu és

Em meio a tanta beleza, é fácil ver a pessoa amada como mais ninguém consegue enxergar, tendo motivos pra compor poemas e canções.

Em meio a tanta beleza, é fácil ver a pessoa amada como mais ninguém consegue enxergar, tendo motivos pra compor poemas e canções, enquanto os sentidos são instigados e aguçados pelo perfume, sabor, toque, visões e sons do ser que merece nossa total admiração.

Enquanto qualidades saltam, tomando forma, preenchendo lacunas e se tornando versos, o coração acelera, o corpo aquece e a mente libera hormônios – que trazem prazerosas sensações, cada vez que lembramos do ser amado.

Interrompido – Caminho sem volta (Episódio 10)

No momento em que estava todo mundo curtindo, Dani cai, sem querer acordar, Nandinho chega apavorado e eles fazem de tudo pra despertá-lo.

Justo no momento em que estava todo mundo curtindo, Dani cai, sem querer acordar, Nandinho chega apavorado e eles fazem de tudo pra despertá-lo, entretanto, mesmo com várias tentativas o garoto permanece desacordado.

Sentindo-se péssimo, Nandinho resolve ir embora e no caminho descobri algo sobre o primo que nem imaginava, mas enquanto a luz surgia no horizonte, dentro dele as coisas ficaram obscuras ao ponto dele perder o controle de si mesmo.

A poesia que no inverno se ocultou

Qual o significado do inverno pra você? Dentes batendo, pelos arrepiando, falta de vontade de sair da cama ou a solidão intensa?

Qual o significado do inverno pra você? Dentes batendo, pelos arrepiando, falta de vontade de sair da cama ou a solidão intensificando o frio?

Se costuma ter uma ideia negativa da estação, mas se a gente souber olhá-la, pode se surpreender com as belezas que se ocultam em seu brancor, escondidas dos olhos desatentos e dos corações cheios de reclamação. O que se encontra, ao contemplar a estação de forma apaixonada e cheia de gratidão, pode revelar sensações, cores, perfumes e sabores que só se experimenta quem permitia viver a poesia que no inverno se ocultou.

Interrompido – Devorado pelo fascínio (Episódio 9)

Sensação do incomensurável pode envolver corpo e mente de quem ousa experimentar o inconvencional, e foi exatamente isso que Nandinho fez.

Sensação do incomensurável pode envolver corpo e mente de quem ousa experimentar o inconvencional – e foi exatamente isso que Nandinho se permitiu. Tudo o que precisava naquele momento era ser envolvido por uma onda que o enchesse de significado e prazer, tornando tudo mais vívido e divertido.

Então ele se joga na pista, bem como nos braços e bocas que encontra pela frente. Só que nem todo êxtase foi capaz de lhe preparar pro que viria a seguir – algo tão inesperado que pega toda galera de surpresa, deixando-os alarmados.


Página anterior Próxima página