Um lugar pra conhecer a profundidade das coisas

Nada [in]definido, numa inconstante conjunção

Nada [in]definido, numa inconstante conjunção

Tempo estimado: 1 minuto

Você já tentou o nada definir? Se acha que fazer isso não tem nada a ver com nada, então te convido a se deliciar com esse poema que tem como brincadeira significar o insignificável e mostrar um pouco do que o nada, pode ou não ser, porque ele é quem é e também o quanto pode sofrer em sua insignificância de nada ser.

O texto é curto, é rápido e diferente, mas também não tem nada de especial nele – ou será que podia ter? Agora só lendo pra você descobrir!

continue lendo »