Desconhecido ante a mim (Assim ele surgiu)

Você realmente se conhece? Se você se colocasse diante do espelho agora, quem será que ele mostraria, alguém que te acompanhou por todos os sonhos ou misteriosa sombra que em nada lembra quem você já foi, pior, aquilo que você jamais desejou ser?

Se os dias apenas passaram sem você se dar conta de que os estava vivendo, pode ser que a imagem refletida ali te seja tão desconhecida, quanto a ideia que você pensou ter de si mesmo.

Continuar lendo

Encantado – Manda nudes (Episódio 2)

Como contar pros pais, superpreocupados e protetores, que a caçulinha da casa arrumou um contatinho no Tinder e, pior, que vai sair com ele de noite?

Talvez fazer essa revelação não seja assim tão ruim – apesar de não ser nem um pouco fácil de falar v ainda mais se comparando com as nudes que andaram sendo trocadas por aí.

Esse é aquele episódio de deixar os pais boquiabertos ao saber que seus filhos são capazes de fazer isso e, pior ainda gostam desse tipo de coisa!

Continuar lendo

Desde que você se foi (Algo aqui parece faltar)

O amor tem dessas de abrir nossos olhos pra que gente ver tudo de uma maneira diferente, até os ouvidos parecem escutar melhor – os sons ficam interessantes ao ponto de fazer chorar – mas e quando o ser amado vai embora e nos deixa?

O que acontece quando a pessoa que amamos se vai e a gente se pega só? Como as coisas ficam após essa partida?

Continuar lendo

Encantado – Se der match, chama aí (Episódio 1)

O que uma garota legal, bonita e inteligente precisa fazer pra conhecer um cara bacana?

Talvez as dificuldades de hoje em dia não sejam assim tão diferentes de como era antigamente, e quando a garota é tímida demais e não costuma sair – só de pensar em lugares cheios ela já começa a ficar claustrofóbica?

Nesse caso as coisas se complicam um pouco, mas nada que a tecnologia não consiga dar um empurrãozinho. Pelo menos esse foi o caso de Adie e o que aconteceu depois disso você confere agora!

Continuar lendo

Flamejante verdor (Dos seus olhos escapou)

Quando os olhos batem de encontro com outros, brilhando como chamas, a gente se sente atraído feito mariposa e, querendo estar mais perto, só pensa em arrumar uma desculpa qualquer, pra ter um pouco mais daquele calor.

Mas às vezes a troca de olhares é tão rápida e momentânea que mal dá tempo de deixar outra coisa, a não ser saudades.

Continuar lendo

O Fragrante – Making-of (Especial)

O que guia as pessoas? O que faz com que tomem determinadas atitudes e como isso reflete em consequências que às vezes não são assim tão legais?

Some a isso alguém que no acredita no amor e que acaba se pegando apaixonada por um completo desconhecido e temais aí uma excelente história pra contar. Assim nasceu "O Fragrante", só que existe muito mais coisas por trás dessa minissérie irresistível.

Continuar lendo

Palavras que trazem morte ao invés de vida

Nem sempre amar é tão fácil assim, tem vez que o sentimento acaba sendo contraditório e traz questionamentos que podem acabar por confundindo ainda mais.

Contudo, mesmo doendo, amar é bom demais e consegue desfazer até mesmo o pessimismo aparente, que se esconde através de medos e decepções que pode surgir de algo que nem chegou a ser real.

Continuar lendo

O Fragrante – Verdades e sentimentos (E15)

Depois de dar mais uma mancada monstro, Simey é quem vai atrás de Jennie, mas a insistência de falar com ela, quando ela queria nem ver a cara dele acaba por fazê-lo ser expulso e aí, sumir de vez.

Só que os planos do destono eram outros e eles acabaram por se reencontrar. Simey gostou disso e fez o que pode, mas Jennie só o tratou mal, até ele ter uma conversa série com ela, a partir daí a amizade foi retornando e ele acaba confundindo as coisas, complicando ainda mais o relacionamento deles.

Continuar lendo

Você está (Onde meus olhos mirar)

Chega um momento em que de tanto pensar no ser amado, a gente acaba por vê-lo nos mais diversos lugares, como se ele estivesse a espreita, esperando apenas que a gente lhe olhar pra ter mais um motivo pra sorrir.

Assim a gente vai seguindo e, enquanto cresce o sentimento mais presente ele parece se fazer no dia a dia e nos pensamentos, daí quanto mais espaço ele tem em nós, mais difícil é não quer tê-lo além de desejos, mas, bem coladinho na gente.

Continuar lendo

O Fragrante – Improvável amor (E14)

Jennie fez de tudo pra tentar esquecer Simey, até usou aplicativo de paquera pra conhecer outros garotos – mas, sejamos sinceros, não é bem assim que a coisa funciona. Após cansar de vê-lo em tudo que é lugar, acabou decidindo ter uma conversa com ele – ela sentia que a história não estava resolvida, ainda tinha muito a ser esclarecido.

Ao chegar na casa de Simey, ele estava prestes a sair e ficou contente com a surpresa. Com a conversa Jennie conseguiu as respostas que desejava, até mais que isso, e teve de ouvir o que não queria, mas como tudo terminou foi ainda pior.

Continuar lendo

Insight a cada passo (Conexões estão a brotar)

Mas o que é que nos motiva a continuar caminhando mesmo quando tudo parece não dar certo ou quando o jeito parece ter se perdido entre tantas outras coisas?

O que nos inspira a continuar caminhando mesmo quando os pés cansam e a vontade não alcança àquilo que tanto se esperou?

O segredo, na verdade, é até simples e não está assim tão longe que você não possa alcançar com o toque da mão, sem precisar, se quer, esticar braço ou dedos.

Continuar lendo

O Fragrante – Quando iniciou o fim (E13)

Foi difícil pra Jennie controlar aquela enxurrada de emoções, mas ela acabou dando um jeito de manter o controle. Precisando conversar, pega o iPhone pra chamar a amiga.

Após se encontrarem, Jennie conta tudo o que houve, só que mal sabia ela o que a amiga tinha pra contar, principalmente do segredo que vinha escondendo a um bom tempo – isso só a fez perceber o tamanho da distância que precisa manter de Simey

Continuar lendo

Sedução das trevas (Quando o escuro brilhou)

Quem foi que disse que das trevas não se pode ter luz?

Entre mergulhos e imersões na escuridão de nosso próprio eu podemos ver luzes, estrelas, supernovas, brilhos e muito mais.

Esse é um convite profundo pra você avaliar um pouco de sua condição e se realmente tem valido a pena a forma que você tem conduzido sua vida: entre várias revisões rascunhadas ou a versão definitiva – independente dela ser boa ou não.

Continuar lendo

O Fragrante – Por causa da flor que caiu (E12)

Guiados pelo destino até a praça onde se viram pela primeira vez – após tantos desencontros – Jennie e Simey acabaram sendo atraídos um pro outro – parecia haver uma ação em cadeia entre sentimentos, desejos e química corporal que despertou reações físicas, resultando num abraço que trouxe lágrimas, lembranças e coração pulsando em ritmo descontrolado.

Difícil vai ser continuar apenas nisso, quanto dentro deles rola explosão muito quente, feito vulcão que os levará a impulsos a tanto negados. Será que as consequências dessa entrega valerão a penas?

Continuar lendo

Vida – Princípio & Redenção (Everything)

A partir de onde a gente veio até o ponto em que chegamos, quanto de nossas escolhas foram responsáveis por isso?

Mas o ponto mais importante é: fazer tudo o que a gente quer nos levou a um lugar melhor do que o começo? Conseguimos chegar ao paraíso seguindo nossas próprias vontades?

E se a resposta for não, como fazer pra retornar?

Continuar lendo

O Fragrante – O tempo e o Desejo (E11)

Várias coisas mudaram em Jennie, conforme o tempo a foi distanciando de Simey, a primeira delas é que agora se sentia mais segura e gostando mais de si mesmo, além disso, estava namorando, apesar de ter começado mais por empurrão, com o tempo passou a gostar dele, exatamente aí Luke lhe dá uma notícia, que a faz ir atrás da melhor amiga.

Ao sair mais cedo do trabalho, Jennie resolve passar na praça, é quando encontra quem menos esperava por lá, mas ao tentar fugir ela tem a identidade revelada.

Continuar lendo

O enigma do espelho (O que ele mostrou)

Quando você se olha no espelho o que ele realmente te mostra? Sua imagem ali refletida ou apenas sombras, imagens embaçadas e enigmas?

A imagem ali emoldurada reflete quem você é ou não consegue nem arranhar a superfície, congelando na faceta de vidro um pequeno retrato do que só os olhos podem enxergar?

Será que a miragem ali também sente dores e tristezas, alegrias e desejos ou ela reflete o mistério do que ainda estamos pra nos tornar?

Continuar lendo

O Fragrante – Destilando sentimentos (E10)

Muito tempo passou desde a última vez que Simey viu Jennie e, vida que segue, ele continuou tocando a dele. Apesar de ter sido bem ogro, ele tinha vários motivos pras atitudes que tomou.

Naquele feriado ele aproveitou pra descansar bastante, até resolver dar uma passada na praça, chegando lá encontra uma garota que lhe chama a atenção, ele tenta falar com ela, mas ela mal se move, ao tentar ter alguma reação, ela se afasta é aí que Simey descobre quem realmente ela é.

Continuar lendo

Pra sempre feliz (Ali eu vou estar)

Somos casa, onde várias coisas tentar entrar pra repousar ou se estabelecer, algumas chegam de mansinho, falando suavemente, outras querem invadir, tentando derrubar a porta.

Cabe apenas a nós, decidir o que pode ou não entrar ou permanecer, fazendo morada, pois ao se estabelecer lá dentro, fica mais difícil remover o que não convém. Saiba manter a porta fechada e abrir apenas Ao que te faz bem.

Continuar lendo

O Fragrante – Depois que a última lágrima secou (E9)

O que rolou entre Simey e Jennie a deixou completamente encantada, se antes mesmo de ficarem, ela já estava apaixonada, depois do beijo a coisa apenas se intensificou – o pior é que não pode contar nada pra mãe, pra melhor amiga também não deu certo, assim ela guardou toda aquela felicidade apenas pra si mesma.

Só que ela percebeu Simey cada vez mais distante, então resolve tirar a história a limpo e vai até à casa dele, mas isso se mostrou uma decisão ruim.

Continuar lendo
Fechar Menu