Farol (Com você, o caminho encontrei)

Tempo estimado: < 1 minuto

Luz, farol que o caminho direcionou,
Teus incandescentes olhos brilharam
Guiando diretamente aos braços teus.
Profusos astros, a brincar, convidam,
Chamas, reluzem em minha direção.
Você as poderia chamar esmeraldas,

Opalas, rubis, turquesas, diamantes,
Qualquer tipo, das pedras preciosas
Eu as prefiro nomear de felicidade,
Pois é o que sinto ao ver teu sorriso
Brilho que aumentando, cresce mais
Até, envolto, por ele, consumido ser.

No céu, dos lábios teus, luz encontrei,
Sol que aqueceu, despertando a mim.
Dantes vagueava a vida, buscando ver
Se caminhos mil à você me iam levar
Perdido em escura senda, dizia viver,
Mas te buscava apenas encontrar.

Percebo o caminho não importar
Todos me trariam a ti, destino certo.
Mesmo que fugaz amo estar contigo,
Te envolver nos braços até sermos um,
Amor e paixão, totalmente abrasador,
Pavio da caricia é o beijo inflamável.

Vivendo momentos de prazer, talvez,
Mas apenas quando te toco os lábios
Então tua luz me preenche e brilho,
Não importa se, lá fora, o mundo cai
Ou o quanto desmorone ainda mais,
Tua luz, fluindo em mim, afasta a dor.

Quando essa chama começa a apagar
Meu pobre coração, carne pulsante,
Descompassado bate, precisa de calor,
Em desespero te busco e ele a brandir,
É saudade aumentando, distante de ti,
Falta da luz encontrada só no céu teu.


#freetalk

Quando a gente descobre – não que algo nos falte – mas que desejamos aumentar a porcentagem de felicidade, daí a solução que resta é apenas dividi-lá em dois, pra que o produto resultante seja multiplicado até a eternidade.

Geralmente essa percepção surge quando a gente nota aquele sorriso mais sincero e intenso ou o demorar nos olhos sobre nós, então, como se tudo conspirasse pros caminhos se encontrar, o interesse aumenta de ambas as partes e acaba rolando sentimento e compromisso, é aí que a pessoa se torna especial ao ponto de querer estar mais tempo ao seu lado – a real é que nosso corpo se vícia no bem-estar e hormônios liberados ao beijar a pessoa amada.

Veja também  Disforme (Não sei mais quem sou)

Ósculos e amplexes,

mishael mendes sign, assinatura